Rua Eng. João Luderitz, 475 | Bairro Sarandi - Porto Alegre/RS
+55 (51) 3013-0333 | +55 (51) 999.560.177

O que você precisa saber sobre medidor de energia

O que você precisa saber sobre medidor de energia

Medidor de energia da Sultech

Os medidores de grandezas elétricas estão presentes no dia a dia de fábricas, residências e estabelecimentos comerciais, mas você sabe como ele funciona e qual o modelo de medidor de energia que se adequa à sua necessidade?

O medidor de energia é um instrumento que faz a medição de alguns parâmetros elétricos e busca solucionar os problemas de rateio de energia, que é fornecida pela concessionária e, depois, distribuída aos consumidores – seja, por exemplo, em condomínios, residências, centros comerciais, hospitais, hotéis e clínicas.

Qual a função do medidor de energia?

Esses aparelhos são utilizados para medir tensão, potência e corrente elétrica da rede de energia. Uma das funções mais usadas é a medição do consumo, ou seja, de potência acumulada ao longo de um determinado período – que, normalmente, vai variar entre 27 e 33 dias. Então, a partir do que for aferido, o medidor faz um cálculo, considerando o tempo de uso e a potência acumulada, e traduz esse consumo em quilowatt-hora (kWH), que é o valor registrado na popular “conta de luz” (fatura de energia elétrica).

Outra função interessante e útil aos usuários é a possibilidade de traçar um gráfico em relação à tensão e à corrente elétrica, que auxilia na compreensão do comportamento desses dois parâmetros registrados ao longo de um período demarcado. Com isso, fica fácil de verificar os momentos em que houve queda de tensão ou picos de consumo de energia.

Medidor de energia da Sultech

Acompanhe as medições do equipamento

Para facilitar o controle em relação à usabilidade, os medidores da Sultech têm a capacidade de gerar memória relativa a como os parâmetros se comportam periodicamente. Dependendo da necessidade de cada usuário, é possível recuperar o histórico no equipamento de todas as grandezas que ele mede – voltagem, corrente, potência, consumo e demanda de energia elétrica.

No caso de condomínios, shopping center e centros comerciais, os gestores desses locais devem ficar atentos ao consumo registrado no medidor de energia, já que vão usar o valor de consumo marcado no medidor de cada instalação para dividir o total recebido da concessionária (na entrada) e, posteriormente, gerar a conta individual. Então, vale prestar atenção à essa questão, pois ela terá impacto direto no rateio de energia entre os usuários da rede.

Considere avaliar, também, a demanda. Essa é uma grandeza que poucos estão familiarizados, mas ela é relevante para saber o quanto de potência você realmente precisa que a concessionária deixe disponível para ser utilizado no seu dia a dia. Dessa forma, podemos dizer que a demanda representa a quantidade de potência elétrica mínima que você precisa ter disponível, em sua rede, para uso cotidiano – isso vale tanto para indústrias, residências, quanto estabelecimentos comerciais.

Medidor de energia da Sultech

Modelo x potência: entenda essa relação

Em geral, na hora de escolher um modelo para auxiliar na medição de energia, a maior diferença que você vai encontrar está na quantidade de potência que o usuário vai precisar. Se você tem uma casa, uma loja, normalmente a potência é baixa, raramente é uma potência elevada. Então, o modelo que mais comum é o ST5200T ou ST5250, que já têm o transformador de corrente embutido nele. Esses modelos têm a capacidade de medir até 120 amperes, que é um valor de corrente bos para esses tipos de instalações (casas, condomínios e lojas de pequeno porte).

Agora, no caso de indústria, a potência vai ser mais elevada e você vai precisar de mais corrente. Portanto, o ideal são modelos que utilizam transformadores de corrente externos (a partir de cem amperes, dependendo do porte da indústria), como os modelos ST9430R ou ST9250R. Em questão de durabilidade, os medidores têm uma vida longa, aproximadamente, com mais de dez anos de uso e eficiência.

Para preservar o medidor de energia e a durabilidade dele, é fundamental estar atento à instalação elétrica, assim como aos transformadores de corrente, que devem ser compatíveis com a necessidade de precisão. Se você tem um sensor de baixa precisão e um equipamento de alta precisão, pode ocorrer um erro no sensor, que vai impactar no resultado final da medição. Outra fator relevante é a montagem do quadro elétrico, onde vai ser colocado o medidor. Essa montagem precisa ser profissional, para que não haja impacto significativo na qualidade dos resultados do medidor.

Agora que você já se familiarizou com os medidores de energia e suas funcionalidades, certamente ficará mais fácil de escolher o modelo ideal para o seu tipo de instalação e necessidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: